Author Archive

Tuesday, October 13th, 2009 | Author: arthur

Que amor é esse que trago no coraçao

E uma alegria e uma vontade de gingar

Sao bento Grande, luna, Cavalaria

Quando toca me arrepia hoje é dia de jogar

E o Cantador solta a voz pro povo ouvrir

Berimbau viola arma a roda e marca o som

A meia lua é ligeira e corta o vento

Capoeira joga dentro como o mestre me ensinou

 

SOU CAPOEIRA OLHA EU SEI QUE SOU

EU VIM AQUI FOI PARA JOGAR

FACO BONITO SO PORQUE TENHO TALENTO

E SOLTO MEUS MOVIMENTOS COM A VOZ NO CORACAO

 

E o Cantador solta a voz pro povo ouvrir

Berimbau viola arma a roda e marca o som

A meia lua é ligeira e corta o vento

Capoeira joga dentro como o mestre me ensinou

 

SOU CAPOEIRA OLHA EU SEI QUE SOU

EU VIM AQUI FOI PARA JOGAR

FACO BONITO SO PORQUE TENHO TALENTO

E SOLTO MEUS MOVIMENTOS COM A VOZ NO CORACAO

 

E o Capoeira é astuso e é velhaco

E inimigo do perigo e confusao

Mas ele sabe o valor de uma vida

Por isso corre de briga e quer mais é vadiar

 

SOU CAPOEIRA OLHA EU SEI QUE SOU

EU VIM AQUI FOI PARA JOGAR

FACO BONITO SO PORQUE TENHO TALENTO

E SOLTO MEUS MOVIMENTOS COM A VOZ NO CORACAO

 

Que amor é esse que trago no coraçao

E uma alegria e uma vontade de gingar

Sao bento Grande, luna, Cavalaria

Quando toca me arrepia hoje é dia de jogar

E o Cantador solta a voz pro povo ouvrir

Berimbau viola arma a roda e marca o som

A meia lua é ligeira e corta o vento

Capoeira joga dentro como o mestre me ensinou

 

SOU CAPOEIRA OLHA EU SEI QUE SOU

EU VIM AQUI FOI PARA JOGAR

FACO BONITO SO PORQUE TENHO TALENTO

E SOLTO MEUS MOVIMENTOS COM A VOZ NO CORACAO

 

E o Capoeira é astuso e é velhaco

E inimigo do perigo e confusao

Mas ele sabe o valor de uma vida

Por isso corre de briga e quer mais é vadiar